reduzir-os-custos-protarefa

Como reduzir os custos na sua empresa

Afinal, como reduzir os custos da minha empresa e ter mais lucro?

Esse texto também está disponível em vídeo.

Protarefa TV

Para reduzir custos você precisa saber o quando você gasta, quais são os seus custos.

Tipos de custos:

  • Custo fixo
  • Custo variado

Custo Fixo

Os custos fixos são aqueles que como o nome indica, mantêm-se fixos independentemente do volume de produção.

Dessa forma, por mais que o ritmo de produção e vendas oscile, esses valores são mais estáticos.

Nesse sentido, enquadram-se nos custos fixos despesas como:

  • Aluguel;
  • Serviços de segurança;
  • Limpeza
  • Planos de telefonia;
  • Manutenção de equipamentos, etc.

Custo Variado

Já os custos variados são aqueles que acompanham o ritmo de produção da empresa, sofrendo alterações conforme o tempo.

O custo variável é aquele que vai mudar de acordo com o volume de vendas ou a prestação de serviços.

Por que diferenciar os custos entre fixos e variáveis?

Um dos motivos de separar os tipos de custos é para auxiliar no processo de precificação do seu produto ou serviço.

Assim, o gestor ou empresário vai conseguir identificar quanto é gasto para produzir cada unidade do seu produto ou o valor para prestar determinado serviço.

Quanto maior a produção, menor o impacto dos custos fixos em cada produto ou serviço e maior a possibilidade de diminuição do preço final para o consumidor.

Depois que a gente já entendeu a separação dos custos e listamos todos os nossos custos fixos, podemos ligar em cada um dos fornecedores e negociar uma redução.

Assim, essa redução pode ser:

  • Segurar o reajuste do aluguel;
  • Um plano de internet ou celular mais barato, etc.

Logo após atuar com os custos fixos, vamos atuar com a parte mais difícil, mas onde irá te dar os maiores resultados.

Diminuir o custo operacional.

Custo Operacional

Custo operacional é todo o custo de produção do seu produto final.

Então, no caso de produtos, é somar o valor da matéria prima, do frete e das horas dos empregados para fazer o produto final.

A forma mais simples de começar a fazer isso é mapear todos os processos operacionais da sua empresa.

Já falamos aqui sobre fluxos de trabalho, se você não sabe o que é, aproveita para dar uma lida.

Assim, cada empregado tem a sua função na empresa para entregar o produto final e a sequencia do trabalho de cada um nós chamamos de fluxo de trabalho.

Afinal, É medindo o fluxo de trabalho que você vai conseguir chegar no seu custo operacional.

Viu como é simples?

Portanto, pra fazer isso, você precisa mapear os processos da sua empresa e colocar em uma ferramenta como o Protarefa que vai te ajudar a a calcular as horas gastas em todo o processo operacional da sua empresa.

No entanto, se você Ficou com alguma dúvida, escreve aqui nos comentários

Se você já começou a reduzir os custos operacionais da sua empresa conta pra gente sua experiencia nos comentários.

Agora, se você já percebeu que o seu aumento de salário depende disso, manda esse texto para o seu patrão, para seus amigos.

Pra saber mais, acesse protarefa.com.br e até o próximo vídeo.

Daniel Bonato

Também conhecido por Bona. Líder estratégico e de desenvolvimento do Protarefa. Pós graduado em Gestão de Projetos com práticas do PMI e graduado em Publicidade e Propaganda. Docente em Instituições de Ensino como SENAC e SENAI, co-organizador do evento Startup Weekend da cidade de Bauru nos anos de 2016 e 2017. Mentor no evento Hackathon Bauru (devTalks) e Startup Weekend 2018. Evangelista da comunidade de startups de Bauru, Sandwich Valley. Palestrante em instituições de ensino como UNESP, FIB, ITE. Palestrante internacional no evento FUTURE STACK 2015 em São Francisco – CA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *