o-segredo-das-empresas-competitivas-protarefa

O segredo das empresas competitivas

Sabe o segredo que torna as empresas mais competitivas e duradouras no mercado? Basicamente são 3 fatores que se trabalhados bem sua empresa vai se destacar facilmente dos concorrentes.

Esse conteúdo está disponível em vídeo.

Basicamente o que torna qualquer empresa eficiente e competitiva no mercado são 3 fatores:

  • Padronização
  • Padronização
  • Comunicação
  • Acompanhamento

O primeiro segredo: Padronização

A padronização dos processos começou lá atrás com Henry Ford, na revolução industrial.

Ele sabia que cada empregado deveria ser especialista em realizar uma única função, ou área de conhecimento.

Com isso ele tinha pessoas especialistas em cada área da sua fábrica que a cada tarefa feita a pessoa se tornava mais especialista naquela função.

Imaginando um exemplo bem simples da analogia que o Chaplin fez no seu famoso filme Tempos modernos, se o Ford tivesse uma pessoa especialista em apertar um parafuso, com o tempo essa pessoa teria mais prática e conseguiria apertar mais parafusos por dia.

Mantendo o padrão e aumentando a performance de produção. Nos dias de hoje podemos pensar em pessoas especialistas em áreas específicas de conhecimentos.

Por exemplo:

  • Pessoas especialistas em finanças;
  • Pessoas especialistas em tecnologia;
  • Pessoas especialistas em gestão de processos;
  • Pessoas especialistas em vendas.

O segundo segredo: Comunicação

O segundo fator é a comunicação, porque equipes que se conversam mais, que possuem mais detalhes de transição para passar a atividade para frente fazem com que todos os problemas e os acertos das equipes sejam passados de forma correta e eficiente.

Um termo muito comum no meio empresarial para isso é o que chamamos de “troca de bastão”.

Vou dar um exemplo bem simples e que todo mundo já passou por isso: Ligar para uma operadora de celular para tentar resolver um problema.

Você liga na central e precisa digitar o número do telefone que você quer receber atendimento e qual a primeira pergunta que o atendente te faz?

senhor, qual o número que deseja realizar o atendimento?

Só aqui já tivemos uma falha na passagem do bastão e então você fala seu número e segue com o atendimento e conta todo o problema que você quer resolver?

E então te fala:

“Senhor, vou passar para o departamento responsável”.

E quando você vai falar com o segundo atendente, ele pede para você contar tudo de novo o problema.

Nesse ponto existem empresas especialistas em atender bem o cliente e acabam colocando elas em outro nível perante o mercado.

Quer um exemplo bem simples: Nubank.

Para muitos pode ser só um cartão de crédito sem anuidade, mas se a gente reparar bem toda a comunicação já começa a hora que você abre o aplicativo, pra acessar a sua fatura, pra fazer pagamento da fatura, pra olhar as informações do seu cartão, tudo isso conta como comunicação.

Mas na hora que você precisa do suporte do Nubank, é aí que o diferencial saltam aos olhos.

Todo o atendimento é feito extremamente rápido e todos os empregados são treinados para te resolver os problemas sem ficar te jogando entre atendentes.

O terceiro segredo: Acompanhamento.

Empresas que monitoram em tempo real e através de relatórios conseguem ter uma performance acima das demais, conseguem medir qual parte do processo precisa de melhorias, conseguem enxergar os problemas com clareza para resolver, conseguem monitorar se um empregado está ocioso ou sobrecarregado para fazer a redistribuição de atividades para melhorar a vazão das atividades.

Viu como é simples ter uma empresa eficiente e fazer ela se destacar no mercado?

Se você sabe de mais fatores que ajudam as empresas a se manterem competitivas no mercado conta aqui pra gente.

Para saber mais acesse: protarefa.com.br

Daniel Bonato

Também conhecido por Bona. Líder estratégico e de desenvolvimento do Protarefa. Pós graduado em Gestão de Projetos com práticas do PMI e graduado em Publicidade e Propaganda. Docente em Instituições de Ensino como SENAC e SENAI, co-organizador do evento Startup Weekend da cidade de Bauru nos anos de 2016 e 2017. Mentor no evento Hackathon Bauru (devTalks) e Startup Weekend 2018. Evangelista da comunidade de startups de Bauru, Sandwich Valley. Palestrante em instituições de ensino como UNESP, FIB, ITE. Palestrante internacional no evento FUTURE STACK 2015 em São Francisco – CA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *