Saiba como o BPM pode ajudar a sua exportadora

Como o BPM pode ajudar a sua exportadora?

Saiba como a disciplina de BPM pode ajudar a sua exportadora a se tornar mais produtiva e competitiva.

Aqui no blog já falamos bastante sobre BPM, inclusive, possuímos até um ebook sobre o assunto:

Mas, de forma resumida, a aplicação da disciplina de BPM na empresa é capaz de implementar metas de melhoria, eliminar retrabalho, burocracia e custos desnecessários.

Além disso, o BPM auxilia o alinhamento das atividades da organização à estratégia, melhora informações para sistemas de gerenciamento, dentre outros benefícios.

A disciplina de BPM para as empresas de exportação

As empresas de exportação, em sua maioria, gerenciam suas atividades a partir de uma visão departamental onde cada departamento é responsável pelos seus processos.

A transformação da visão departamental para uma Gestão de Processos auxilia os profissionais de comércio exterior a possuírem uma visão macro do funcionamento organizacional.

Por isso, é preciso ter a visão processual para atender às necessidades de seus clientes, entregando valor e reduzindo os custos de operação.

Além disso, a aplicação da disciplina com o auxílio de ferramentas de qualidade, auxiliar sua empresa a encontrar atividades sem valor e que se repetem nos departamentos.

É possível utilizar Histogramas, por exemplo, para identificar as curvas de frequência de atrasos do produto exportado e na média do tempo que o produto fica armazenado.

Como identificar os processos da sua exportadora

Para iniciar a aplicação da disciplina de BPM é necessário identificar os processos da sua exportadora.

Para identificar os processos é preciso conhecer: os atores do processo (clientes, Receita Federal, Despachante…), os departamentos envolvidos, as documentações necessárias e o fluxo de informação os pontos. 

Conhecendo esses pontos é possível estabelecer as relações entre as tarefas.

Depois, é só construir os processos organizacionais, tais como: processo de emissão da documentação da exportação, processo de transporte ao terminal, entre outros.

Com a identificação dos processos é possível identificar as adversidades que ocorrem nas transações do comércio exterior, como: atrasos, cancelamentos e urgências.

Com essa quantidade de informações, a tomada de decisão se torna mais assertiva e, consequentemente, a entrega de valor se expande, impactando positivamente na competitividade da empresa.

Por isso, a disciplina de BPM pode ajudar a sua exportadora otimizar seu trabalho e a experiência do seu cliente.

Gostou do conteúdo? Nos conte sua opinião nos comentários e não se esqueça de compartilhar com seus colegas e sua rede.

Ps: Quer saber como o Protarefa pode te ajudar a ser mais organizado e produtivo? Cadastre-se aqui!

Bruno Benessuti

Bruno Benessuti é pós graduado em Gerenciamento de Projetos pelo SENAC e Bacharel em Sistema de Informação pela Unesp, trabalha a 12 anos projetos digitais e a 3 anos empreende em Startups. Hoje é sócio e CEO do Protarefa e acredita na tecnologia como ferramenta de mudança para uma sociedade melhor e que através dela problemas complexos possam ser resolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *